Seja Você Mesmo! Assuma Sua Identidade Em Deus

terça-feira, novembro 24, 2015




















Olá meninas! Tudo bem?

Seja Você! É o tema do nosso texto de hoje! Você já pensou sobre quem você é, o que te define, qual a sua personalidade, sua marca registrada? A alguns dias atrás me encontrei fazendo essas próprias perguntas a mim mesma, e refletindo pude ver que estava tentando encobrir parte do que eu sou, escondendo características que o próprio Deus colocou em mim para me fazer diferente de todos!

A individualidade é um princípio bíblico e, muitas vezes nos esquecemos dele, em minha opinião é um dos princípios mais lindos, pois nos faz olhar para o próximo com um olhar especial, sabendo que cada um é um ser criado e planejado por Deus em detalhes, com traços específicos, tanto físicos como na personalidade, nos gostos e tudo mais. Não é lindo isso, gente? Cada um de nós é único, totalmente exclusivo!

Tão lindo quanto reconhecer a individualidade de cada pessoa é saber respeitar isso. Saber conviver com as diferenças, afinal nem todos concordamos em tudo ou pensamos da mesma forma. O texto de Romanos 12:4,5 fala sobre esse princípio.

"Há muitos membros que compõe o corpo, mas esses não exercem a mesma função; da mesma forma, somos muitos, e unidos ao Messias compreendemos um único corpo, e cada um de nós pertence aos outros."

A individualidade é a sua identidade, e nos dias de hoje não é difícil  sermos levados a agir e tentar ser o que não somos, um exemplo muito comum do que estou falando é o padrão de beleza que é imposto pela mídia e consequentemente pela sociedade, em que a mulher precisa ter algumas características específicas pra ser bonita, isso para muitas mulheres é inatingível e, para isso muitas sofrem privações e passam por tratamentos invasivos, para deixar a sua própria identidade de lado e assumir uma nova, que não foi a que Deus lhe deu.


Outro exemplo muito comum é o que eu vivo hoje, sou casada, tenho 25 anos, 2 filhas, sou dona de casa por opção, escolhi ficar em casa e educar minhas filhas, não fiz faculdade e por isso muitas vezes parece que sou uma pecadora! Sério, falo por experiência própria, a sociedade diz que a mulher TEM que trabalhar fora, e os filhos que fiquem na creche ou com uma babá, afinal hoje em dia, podemos terceirizar tudo, até mesmo a educação dos filhos. Bom, eu não concordo e acredito que Deus fez a mãe com características especiais e a dotou de capacidade e sabedoria para educar seus filhos. Não estou dizendo que a mulher não deve trabalhar, acho que cada caso é um caso, mas creio que tens momentos, como nos primeiros anos da maternidade, em que a presença da mulher em casa é fundamental e ninguém pode substituí-la.

Não é difícil dizermos que somos cristãos, mas assumir nossa identidade em Cristo nesses dias é, pois somos empurrados para um lugar onde todos querem as mesmas coisas e a beleza da individualidade está se perdendo, hoje a maioria das pessoas não trabalha com o que ama, porque escolhe uma carreira pensando em fazer o que dá dinheiro e não no que tem identificação consigo!

Tenho a plena convicção que Deus quer resgatar a identidade de cada um nEle, só assim poderemos ser NOSSA melhor versão hoje!

Seja você mesmo, não aceite ser cópia de ninguém, você é único, ame-se por completo, mesmo o que não aprecia tanto, você não tem de ser uma pessoa calma, se por dentro é agitada e efusiva, uma típica sanguínea! O que você precisa é saber lidar com os pontos ruins de seu temperamento e ter bom senso, pois nem todo momento você tem de pular igual pipoca. E, assim é pra todas as pessoas, precisamos nos conhecer e saber viver cada situação do dia a dia com sabedoria, há momento certo pra tudo!

Um beijo!
Sofia.
logoblog

Um comentário:

  1. Olá! Gosto muito dos seus textos, mas venho discordar em partes desse em especial!rs não acho mesmo que colocar um filho na creche seja terceirizar a educação dele! Quem educa e forma valores são os pais! A creche ajuda no desenvolvimento deles, além de ajudar as mães que trabalham por necessidade financeira ou pessoal! No meu caso as duas coisas!rs não julgo quem gosta de ser dona de casa, desde que seja uma escolha, não um conformismo. Eu escolhi ter uma profissão! Ser mais que mae e esposa, quero ser eu!rs quero poder exercer o ofício que escolhi! O que não me tira o prazer de ter e cuidar da minha família! Acredito que oque precisamos é ser felizes! É estar bem com a gente antes de tudo!

    ResponderExcluir

Agora, eu quero saber sua opinião sobre o post! Comente!

Faça parte da lista virtuosas vip!

mulher virtuosa no instagram