Padrão de Beleza - Não Sou Obrigada!

by - sexta-feira, fevereiro 24, 2017



INSCREVA-SE PARA O WORKSHOP GRATUITO SOBRE MODA PARA EVANGÉLICAS: https://goo.gl/tv2N5y
______________________________________________________

O padrão de beleza é algo que pode aprisionar e escravizar a mulher,  não é raro buscarmos processos de beleza para mudar algo na nossa aparência para ficar mais bonita, mais parecida com o que a sociedade julga belo.

Essa busca pela beleza ideal pode fazer muito mal a auto estima e  eu quero incentivar você a pensar sobre isso.

Um estudo feito no ano de 2011 com 6.400 mulheres de 20 países diferentes revelou que apenas 4% das mulheres se sente bonita. Aqui no Brasil 14% se considera bela e 59% dessas mulheres diz que sente pressão a estarem dentro de um padrão ideal de beleza!

Eu sofri por anos com uma auto estima muito baixa por pensar que precisa ter o cabelo liso, nariz, mãos e pés em tamanho menor, mudar o formato do rosto, as sobrancelhas pra de fato ser a mulher perfeita!

O que me fez mudar e passar a me aceitar como eu sou e realmente amar o que vejo no espelho, foi ter um tempo de transformação através do conhecimento da Palavra de Deus. Conhecendo a verdade e o que Deus pensava sobre mim, fui mudando minha forma de me ver também, hoje em dia sou feliz e me sinto livre pra ser como sou sem me importar com o que a sociedade pensa!

A beleza ideal de fato não existe, o que você vê nas revistas, essas imagens de mulheres perfeitas são criadas para gerar o desejo de consumo, mas são irreais, portanto não há como atingir esse padrão, pois ele não existe!

Meu conselho é que você tire um tempo pra você, para conhecer a si mesma e entender como Deus te vê e qual o seu propósito de vida, isso faz toda a diferença!



_________________________________________________________________

Participe do nosso workshop gratuito sobbre 'MODA PARA EVANGÉLICAS' que acontecerá no dia 04/03/2017, ACESSE https://goo.gl/tv2N5y e faça sua inscrição agora mesmo!

Beijinhos!!!


You May Also Like

0 comentários

Agora, eu quero saber sua opinião sobre o post! Comente!